Guia do Foca

19 de novembro de 2009

Tipos de Entrevista

Filed under: Sem categoria — jorgecardoso @ 18:44

Olá amigos focas!

Este é um dos tópicos do TCC meu e de meu amigo Rodrigo. Aqui, há um pouco do que são as formas de entrevista. Muito útil para nosso dia-a-dia.

Tipos de entrevista
Do ponto de vista dos objetivos:
a) Ritual: o ponto de interesse está mais centrado na exposição do entrevistado, sua voz, sua imagem, do que no que ele tem a dizer. Declarações são de certa forma irrelevantes e esperadas, tem uma dimensão meramente simbólica. Ex. jogadores ou técnicos após uma competição, celebridades, cantores, artistas falando sobre seu trabalho.

b) Temática: aborda um assunto, sobre o qual espera-se que o entrevistado tenha condições e autoridade para discorrer. Consiste na exposição de versões ou interpretações de acontecimentos. Contribui para compreensão de um problema.
Ex. economista falando sobre a queda do dólar; ambientalista falando do relatório sobre aquecimento global.

c) Testemunhal: é o relato do entrevistado sobre algo de que ele participou ou a que assistiu. Visa reconstituir o evento sob ponto de vista particular do entrevistado. Exemplo: relato dos jornalistas Sérgio D’Ávila e Juca Varela sobre cobertura da guerra do Iraque.

d) Em profundidade: objetivo não é um tema ou acontecimento em particular, mas a figura do entrevistado, sua representação de mundo, o que pensam e suas impressões sobre a área em que atuam. Visa traçar um perfil a partir destas impressões. Ex. Marília Gabriela, Roberto D’Ávila.

Do ponto de vista da circunstancias em que é realizada:

a) Ocasional: não é programada. Ocorre em geral com personalidades e autoridades abordadas durante um evento, na rua, sem que o encontro fosse agendado antes.

b) Confronto: o repórter assume um papel de inquisidor, despejando sobre o entrevistado acusações e contra-argumentando, com alguma veemência, baseado em informações provenientes de alguma investigação policial. Ex. autoridades abordadas após a divulgação de seus nomes pela Operação Navalha, da PF.

c) Coletiva: o entrevistado é submetido a perguntas de vários repórteres de vários veículos. Pode ser ocasional ou marcada previamente. Neste caso é precedida em geral de um briefing, um resumo da assessoria do entrevistado sobre o assunto a ser tratado na coletiva. O comando é do entrevistado, é ele quem controla o tempo e os assuntos a serem abordados.

d) Dialogal: é a entrevista em sua plenitude, marcada com antecedência para acontecer em ambiente controlado, em geral sentados, e sem tempo marcado. Tem caráter de um diálogo.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: